O Conselho Nacional de Saúde (CNS) entregou carta aos líderes de blocos e partidos políticos da Câmara dos Deputados que pede a rejeição da PEC 241. A proposta estabelece teto de investimento na área da saúde.  No documento, o CNS traz um histórico sobre os antecedentes da luta contra a PEC 241 e indica caminhos para o reequilíbrio das contas públicas sem que o Sistema Único de Saúde (SUS) seja prejudicado. Rever a renúncia fiscal – projetada acima de R$ 300 bilhões para os próximos anos – e levantar o debate sobre a taxação das grandes riquezas são parte das propostas sugeridas pelo Conselho Nacional de Saúde.  Acesse a carta

 
 
 
 
 

Visitantes

Temos 26 visitantes e Nenhum membro online