O saneamento é básico na prevenção de doenças. Infelizmente, a maioria das pessoas no país, de todas as classes sociais, ainda é indiferente a este assunto. Falta indignação. A sociedade precisa se manifestar mais, e se mobilizar. Precisamos saber com quem podemos realmente contar para mudar a situação. A adesão à temática do saneamento poderá ser um dos maiores resultados da Campanha da Fraternidade Ecumênica 2016. A Pastoral da Criança desenvolve ações para que todas as famílias tenham seus direitos atendidos e acesso a serviços públicos de de qualidade. Ciente do seu compromisso, em colaboração com tradições religiosas e instituições, a Pastoral da Criança apoiou desde o início a escolha deste tema da campanha. Como gesto concreto, convidou seus milhares de líderes voluntários para a observarem em seus ambientes, nossa “casa comum”, o que precisa ser feito para melhorar. O esgoto não pode correr a céu aberto. No site da Pastoral da Criança, há mais informações, incluindo a entrevista com Édison Carlos, presidente do Instituto Trata Brasil.

Clóvis Boufleur – Gestor de relações institucionais da Pastoral da Criança
www.pastoraldacrianca.org.br


 
 
 
 
 

Visitantes

Temos 85 visitantes e Nenhum membro online